7×1 ainda dói, mas douradenses se preparam para estreia da Seleção no domingo

A equipe de reportagem do Dourados News saiu às ruas nesta terça-feira (12) para conhecer qual nível de expectativa dos douradenses para a Copa da Rússia, que começa nesta quinta-feira (14) às 11h (horário em MS). 

A estreia da Seleção Brasileira acontecerá no domingo (15) às 14h (horário em MS) em jogo contra a Suíça. 

No comércio, empresários afirmam que os torcedores começam a movimentar as lojas de artigos esportivos encorajados pela última vitória da seleção em 3×0 contra o time da Áustria no domingo passado (10).

O POVO FALA

O douradense Alessandro André Hofstetter, morador no Altos do Indaiá, está animado para a atuação da seleção na Copa da Rússia. Ele acredita que essa pode ser a vez do hexa e arrisca um placar de 3×0 no primeiro enfrentamento do Brasil contra a Suíça no próximo domingo (15). “Acho que o Brasil ganha com facilidade. Vamos repetir o placar do amistoso”, disse. 

Para o Renato Lopes Souza, morador no Jardim Flórida, o 7×1 da Alemanha em 2014 ainda dói no peito do torcedor, mas disse estar animados para a atuação do Brasil na Rússia. Sobre o jogo de estreia, Renato acredita que a seleção vai ter trabalho. “Já ouvi dizer que a Suíça investe na defesa, mas apesar disso acho que o Brasil garante um placar de 2×0”, afirmou.

Outro que está acreditando na equipe brasileira é o acadêmico de enfermagem Rafael Dalto. Ele é morador em Fátima do Sul e disse confiar no time escalado pelo técnico Tite, porém, lamentou que neste ano os trabalhos da faculdade suprimiram um pouco a disposição para acompanhar o desempenho da seleção. O rapaz também garante que, “tem muita gente ainda sofrendo com a derrota passada contra a Alemanha”.  

“Enquanto a seleção não se recuperar daquele 7×1 vai ser difícil esquecer”, afirmou Rafael. 

Também tem gente um pouco desmotivada com a Copa do Mundo. É o caso da Daniele Moura Dias, moradora no Residência Roma III. Para ela, o estado de crise política e econômica que o País enfrenta acabou esfriando o anseio dos torcedores. Ela disse que apesar disso irá assistir ao jogo de estreia ao lado do marido em casa mesmo, e espera pelo menos um 2×1 para o Brasil.

Aproveitando o clima romântico do Dia dos Namorados, o Dourados News entrevistou também o casal Antônio Rodrigues e a esposa Udes Maira Espinosa. Os douradenses estão com programação especial marcada para curtir a estreia da seleção no próximo domingo. 

O Antônio está animado e disse à reportagem que esse ano o hexa é do Brasil. Para o douradense, o artilheiro Neymar teve a responsabilidade aliviada. “Agora tem outros craques no time. Acho que ele estará mais tranquilo da responsabilidade de garantir os melhores resultados”, disse. 

Já Udes Maira, que afirmou não ser muito envolvida com futebol, disse que vai vestir a camisa da seleção e torcer ao lado do marido. 

Questionado sobre a influência da situação econômica e política do País na expectativa do torcedor, Antônio foi enfático. 

“A Copa não tem nada a ver com a economia. Isso que a gente vive é resultado de anos de corrupção. O brasileiro tem é que ser torcedor nesse momento”, finalizou o douradense. 

Por Dourados News

Imagem Vinícios Araújo

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: