Acordo possibilitará que APAE consiga reaver cerca de 50% do que foi desviado

Foto Greice Batista – Sidrolândia News

O Presidente da APAE,  Glaucio Eidi Hisatsug, em entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira (11), apresentou o acordo judicial firmado entre a entidade e o ex-funcionário Glauciomar Oliveira da Silva. O acordo foi feito durante a sessão de conciliação ocorrida na tarde de ontem (10).

Pelo acordo, na esfera civil, Glauciomar passará três terrenos, 4,16% de um pesqueiro e 30 mil reais para a APAE. Sendo que os trinta mil reais serão pagos em 15 parcelas de R$ 2.000,00, que começam a ser pagas no dia 10 do mês que vem.

A apuração feita pela diretoria da APAE  e ajuizada chegou ao valor de R$ 524.358,92, portanto com o acordo a entidade não resgatará nem 50% do que foi comprovadamente desviado, sem levar em consideração que muitos valores não puderam ser ajuizados, pois a APAE não possuía conteúdo comprobatório para tanto.

Glaucio justificou que a conciliação foi aceita e o acordo firmado em razão da morosidade da justiça, pois o processo poderia se arrastar anos a fio, até que se esgotassem todas as instâncias de recursos, impossibilitando a entidade de usufruir do dinheiro e abrindo brecha para que o autor pudesse se desfazer dos bens.

Com esse acordo encerra-se o processo na esfera civil, mas na esfera criminal continua tramitando.

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: