Azambuja ainda não se definiu sobre sucessão na Assembleia

Rocha reage à declação de Corrêa sobre aliança e diz que não se afastará da bancada

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está esperando posição do seu partido para discutir a sucessão da presidência da Assembleia Legislativa. O pré-candidato tucano ao cargo, deputado Paulo Corrêa, aposta na força da coligação que reelegeu Azambuja e na adesão do líder do MDB, Eduardo Rocha, para reforçar a sua eleição. Mas Rocha não pretende se afastar dos companheiros da bancada.

O PSDB já teve reunião na terça-feira (20) para tratar da sucessão na Assembleia. O partido está disposto a “brigar” pelo comando do Legislativo, mas ainda não fechou a questão em torno do nome de Corrêa. O pré-candidato espera pela “bênção” de Azambuja e dos colegas do partido para sufocar os eventuais interessados pelo cargo.

Questionado se Azambuja faria alguma indicação para a presidência da Casa de Leis, ele respondeu estar esperando. “É uma discussão. Nós estamos aguardando a manifestação do partido. O PSDB postergou para a próxima semana, a decisão de escolher um nome”, comentou.

* Leia a reportagem, de Renata Volpe Haddad e Izabela Jornada, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Foto: Luciana Nassar / Assessoria ALMS

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: