Casos de HIV quase dobram de um ano para o outro na região de Dourados

O número de novos casos de HIV cadastrados no programa IST/Aids quase dobraram em 2018. Segundo o levantamento, os registros em 2017 foram 65, enquanto de janeiro até outubro deste ano o quadro de novos pacientes alcançou a marca dos 120.

O balanço é referente a Dourados e outros 15 municípios da região. Ao todo, já são 1607 pacientes portadores do vírus nessa área. 

Segundo o coordenador do programa, o farmacêutico Emerson Eduardo Corrêa, o quadro preocupa e na avaliação dele, “quanto mais facilitam os tratamentos, menos as pessoas se preocupam com a prevenção”. 

“Atualmente o paciente com HIV não precisa mais tomar dezenas de remédios, a aparência dele não fica debilitadas como antes, em alguns casos mal se reconhece um portador do vírus. E isso parece que acomodou as pessoas. Quanto mais facilitam os tratamentos, menos as pessoas se preocupam com a prevenção”, afirmou.

Atualmente, o quadro de atendimentos no programa beneficia 1607 pacientes, sendo que desses 1.120 fazem uso de medicação antirretrovirais. Oito são gestantes, outras oito são crianças, 19 adolescentes e até outubro, 26 óbitos foram registrados decorrentes à doença.

Neste ano já foram realizados 1.424 testes de HIV, tendo 120 resultados positivos. Desses, 90 são homens e outras 30 mulheres. 

No ano passado o número era bem menor. Nos 12 meses de 2017, de 2.158 testes, 65 pessoas foram diagnosticadas com a doença, sendo 40 homens e 25 mulheres.

Emerson destacou que o programa IST/Aids tem encabeçado diversas campanhas durante o ano como a de carnaval, a de julho com foco nas hepatites virais, em outubro contra a sífilis e agora com o Dezembro Vermelho. 

Além desses, sempre que há oportunidade a equipe se mobiliza para participar de eventos a convite de organizadores. Um exemplo foi a Parada do Orgulho LGBTQ+ realizado no dia 30 de junho no Centro de Dourados. Lá os resultados dos testes saíam em apenas 15 minutos.

Ainda de acordo com Emerson, a maioria dos novos casos são entre jovens, de 18 à 30 anos. Ele estima que do total de cadastrados, cerca de 300 representem os pacientes dos município da região, o restante são todos residentes em Dourados. 

PREVENÇÃO

Durante o mês de dezembro acontece a campanha Dezembro Vermelho em conscientização às doenças sexualmente transmissíveis (DST). 

Práticas simples como o uso de preservativos podem livrar da infecção dos diversos tipos de vírus caracterizados como DST’s. Outra forma de prevenção é o uso de seringas e agulhas descartáveis.

Quando for manipular ferimentos e líquidos corporais lembrar sempre de utilizar luvas descartáveis e no caso das mulheres infectadas, não interromper o uso de medicação antirretrovirais durante a gestação para prevenir a transmissão ao bebê, além de evitar a amamentação.

SERVIÇO

O programa IST/Aids está localizado na Rua dos Missionários, nº 420, no Jardim Caramuru. Lá é realizado teste laboratorial de hepatite B, hepatite C, hepatite D. Além também dos exames rápidos de HIV e sífilis.

Os atendimento funcionam no período da manhã e tarde e o número para contato é o 67 3423-9150.

Por Vinicios Araújo – DOURADOS NEWS

 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: