Desabastecimento de combustíveis e gás já causa transtornos na cidade

Com a manifestação dos transportadores e consequente interdição de rodovias Pais a fora, o desabastecimento começa a tomar conta do município. Combustíveis e gás de cozinha são os primeiros itens a faltar.

As filas para abastecer são extensas, mas Já há postos sem gasolina e etanol e com baixos estoques de diesel. Estoques esses que não devem durar muito tempo.

A falta desses combustíveis deve acarretar o desabastecimento de outros itens, principalmente alimentos.

Outro problema está relacionado a saúde, que depende de Campo Grande para atendimentos especializados, as chamadas vagas zero, casos de gravidade encaminhados a hospitais da capital.

Não menos importantes são os pacientes que são levados a capital para tratamentos como hemodialise, quimioterapias e radioterapias.

Com relação a educação os problemas não são menores, os universitários não terão como ir a Maracajú e Campo grande, além dos alunos da rede pública municipal e estadual, da zona rural, que tem o transporte de responsabilidade da Prefeitura Municipal.

Na tarde desta quinta-feira (24)  grande parte do comércio local fechou as portas. O ato ocorreu a partir dás 15:00 hs em apoio as manifestações.

 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: