Dois dos três suspeitos de sequestro, tortura e roubo a caminhoneiro usam tornozeleiras eletrônicas

Depois de várias diligências pela cidade, por volta das 14 horas de hoje (23), policiais militares prenderam três homens suspeitos de envolvimento no caso de sequestro e roubo ao caminhoneiro Edvaldo Lopes da Silveira, de 51 anos.

Uma guarnição da Policia Militar fazia ronda pelo Bairro São Bento quando, passando pela COHAB, avistou um cidadão portando tornozeleira eletrônica e em atitude suspeita. Imediatamente o homem, depois identificado como Roniclei de Araújo Vargas, apressou o passo em direção a uma residência, sendo antes abordado pelos policiais, que para poder revistá-lo tiveram de conte-lo com o uso de algemas. 

Enquanto Roniclei era colocado na viatura, detido por desobediência,  saiu do interior da residência mais um homem utilizando tornozeleira, identificado como Willian Felipe Castilho, indagando do motivo da prisão de seu irmão.

Willian afirmou ser o dono da residência e autorizou a entrada dos policiais. Já na varanda foi encontrada uma bolsa com objetos de higiene pessoal, cartões com contatos de transportadoras de carga e um comprovante bancário em nome de Valdir Lopes Neves,  pai do caminhoneiro vítima do crime investigado pela policia. Também foi avistado um homem,Claudio Henrique Oliveira de Souza, que se enquadrava com as características físicas apontadas pela vítima.

Depois de questionados quanto a autoria do crime e de respostas evasivas de parte dos suspeitos, finalmente Claudio acabou confessando que teria sido o carcereiro do caminhoneiro durante a madrugada, que teria disparado contra a vítima, mas que não sabia indicar o local do cárcere. Disse também que teria entregue a arma a um homem, que também não sabia identificar.

Os policiais encontraram 4 cartuchos não deflagrados de munição de uso restrito calibre 357, que estavam no interior de um veículo VW/GOLF, de placas OAP-0608, que se encontrava na varanda do imóvel.

Os três homens foram encaminhados para a DEPOL de Sidrolândia onde estão a disposição da justiça.

Se confirmada a participação, deverão responder por sequestro, cárcere privado, roubo e homicídio na forma tentada (tentativa de homicídio).

 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: