“É crime isso”?

É crime isso,andar com um carro melhor, pra chegar nos lugares para atender o Município  ao qual você foi eleito pelo povo? Foi o questionamento do Vereador e Presidente da Câmara Municipal, Jean Nazareth, em tom de desabafo, depois do discurso desrespeitoso e sem o mínimo compromisso com a realidade feito por Caré, quando esse, como sempre sem argumentos, voltou ao assunto da compra do veículo para servir ao gabinete do Prefeito.

Jean, com a calma de sempre, com discernimento e com conhecimento de causa, colocou o que todo mundo tem ciência, com exceção de Caré e seus seguidores, que não é justo e nem correto o Prefeito andar pegando emprestando veículos de secretarias, que devem ser exclusivos para o serviço dessas secretarias.

Jean pontuou todo o valor financeiro que Dr. Marcelo e Ana Lídia abriram mão para trabalharem pelo Município, dizendo não achar justo que o Prefeito ainda tenha que pagar, do próprio bolso, seus deslocamentos a trabalho por Sidrolândia, citando as diárias, prática justa e legal, que está sendo criminalizada por pessoas que não aceitaram a derrota nas urnas, além de não terem conseguido seus intentos de se servirem da coisa pública.

Caré não é a pessoa mais indicada para apontar dedo ou falar de moral, prova disso seu passado que em nada se parece com o do Prefeito Dr. Marcelo Ascoli, que Caré ofende e desrespeita tratando até como “prefeitinho”, uma grande prova de desequilíbrio e falta de postura, coisas que devem ser a base para se ocupar uma posição pública.

O Prefeito tem sua culpa, pois se tivesse feito a compra do veículo no início de seu mandato e não tivesse utilizado seu próprio veículo e com combustível pago pelo próprio bolso, esse processo licitatório não estaria mais rendendo assunto para Caré, que talvez hoje, 14 de março, estivesse  empenhado na campanha do MÊS DA MULHER, brigando por aquelas mulheres que são agredidas e violentadas, acabando mortas ou inválidas em uma cadeira de rodas.

Para aqueles que quiserem discordar ou fazer uma replica ficam algumas perguntas:

– Você usaria seu veículo e seu combustível para trabalhar para terceiros?

– Que carro você usaria se precisasse rodar quatro mil quilômetros por estradas rurais?

 

Veja abaixo o vídeo do Vereador Jean Nazareth:

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: