Em Mato Grosso do Sul 100% das indústrias devem parar

Situação é mais critica nas indústrias de carne e laticínios

Os 6.201 estabelecimentos industriais de Mato Grosso do Sul devem parar de produzir hoje, segundo levantamento da Fiems. A situação é mais crítica nas indústrias de carnes e laticínios, sendo que no caso do leite, muitos produtores tiverma que descartar o produto ontem.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informou que a cadeia produtiva da avicultura e da suinocultura do país tinha ontem120 plantas frigoríficas paradas – produtoras de carne de frango, perus, suínos e outros. No Estado frigorífico da Aurora em São Gabriel do Oeste de suínos, Minerva e unidades do JBS estariam com atividades suspensas.

Mais de 175 mil trabalhadores estão com atividades suspensas em todo o país. 

A entidade denuncia ainda que não houve a liberação das cargas vivas em vários pontos de parada do movimento de greve nas estradas, pois diz que recebeu relatos de produtores com caminhões transportando animais parados em bloqueios em todo o país e que haveria casos de animais com mais de 50 horas sem alimentação. Também está travada em vários pontos a circulação de caminhões de ração, que levariam alimentos para os criatórios espalhados por pequenas propriedades dos polos de produção. 

A ABPA afirma que a situação nas granjas produtoras é gravíssima, com falta de insumos e risco iminente de fome.

Por ROSANA SIQUEIRA – Correio do Estado

 Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: