Empreiteiras serão investigadas por asfalto que ”derrete”

Depois das duas reportagens que mostraram a situação precária de duas novas rodovias inauguradas pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB), a MS-436,  a BR-359, e o acesso ao Aeroporto Santa Maria, na Capital, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que todas as estradas estão sendo avaliadas e que as empreiteiras envolvidas na construção das rodovias podem ser penalizadas.
“Estamos pegando todos os relatórios das obras sobre a conclusão de quando o governo recebeu essas rodovias. Todas empresas têm responsabilidade técnica na qualidade dos pavimentos. Vamos cobrar a responsabilização de quem é de direito, de quem recebeu a obra com qualidade duvidosa e de quem fez a obra”, afirmou.
Ainda de acordo com o governador, não há prazo para que o levantamento seja finalizado, mas a previsão é que em 10 dias o relatório financeiro das contas de Mato Grosso do Sul, prometido desde os primeiros dias de governo, seja divulgado.
A reportagem, de Aliny Mary Dias, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.
http://www.correiodoestado.com.br

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: