Flamengo vence o Grêmio e ainda segue vivo

Pela 36ª rodada, Rubro-Negro derrotou o time gaúcho por 2 a 0 e evitou que Palmeiras soltasse o grito de campeão nesta noite

Na reta final do Campeonato Brasileiro, o Flamengo recebeu o Grêmio nesta quarta-feira (21), no Maracanã, em busca da vitória para seguir com possibilidades de título. Pela 36ª rodada, o Rubro-Negro fez valer o mando de campo e venceu a equipe gaúcha por 2 a 0.

Com o resultado, o Fla segue no segundo lugar, agora com 69 pontos – o líder Palmeiras, que venceu o América-MG nesta quarta, tem 74. O Grêmio, com 62, permanece na quarta posição.

O jogo

Jogando em casa, o Flamengo dominou os primeiros minutos do jogo contra o Grêmio. Com maior posse de bola e investindo bem nas jogadas pelas laterais, o Rubro-Negro começou bem ofensivo. A primeira chegada foi pela esquerda, após Diego cruzar para o centro da área buscando Uribe, mas o goleiro Paulo Victor saiu e afastou o perigo de soco. Depois, Diego tocou para Uribe na direita, e o atacante finalizou em cima do marcador. Aos 11, Éverton Ribeiro avançou pela direita, limpou para o meio e arriscou de longe, mas a bola saiu por cima. Aos 21, Vitinho levantou na primeira trave, Uribe cabeceou, a bola desviou em Jael e explodiu na trave. O Grêmio, sem conseguir furar a marcação, chegou bem pela primeira vez aos 31, quando Ramiro tentou a finalização de fora da área e viu César fazer a defesa. O Fla seguiu insistindo, mas não balançou as redes.

O Rubro-Negro manteve o ritmo no segundo tempo. No primeiro minuto, após boa jogada trabalhada com Vitinho, Uribe, Éverton Ribeiro e Arão, Pará recebeu na área e finalizou rasteiro no canto direito de Paulo Victor, que jogou para escanteio. E então, Éverton Ribeiro cruzou para a área, Réver tocou de cabeça, e Uribe subiu para marcar de voleio: 1 a 0. O Grêmio seguiu tentando furar o bloqueio do time carioca, mas sem sucesso. O Fla seguiu com a proposta ofensiva, mas viu a equipe gaúcha se fechar bem e frear os contra-ataques adversários. Assim, o Flamengo também apertou a marcação nos últimos minutos e segurou o resultado. E, aos 44, Diego matou o jogo finalizando no canto direito de Paulo Victor para fazer 2 a 0.

Créditos de imagem Gilva de Souza/Flamengo

Confederação Brasileira de Futebol 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: