Greve dos caminhoneiros registra aumento de bloqueios em MS

Balanço da PRF divulgou que são 37 trechos interditados em 27 cidades do Estado

O quinto dia da greve dos caminhoneiros em Mato Grosso do Sul, nesta sexta-feira (25), registrou aumento nos pontos de bloqueios e cidades do Estado, segundo balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ontem (24), eram 30 pontos interditados, em 21 cidades. Hoje já são 37 trechos em 27 municípios.

Em Dourados os trechos interditados continuam os mesmos, sendo dois na BR-163, no km 256 e 266 e o terceiro na Rua Coronel Ponciano, via que também dá acesso ao bairro Guaicurus. Ainda na 163, as interdições seguem em Bandeirantes (km-548), Caarapó (km-206), Campo Grande (km-462 e 477), Naviraí (km-117), Rio Brilhante (km-324), Rio Verde de Mato Grosso (km-679), Eldorado (km-39), São Gabriel do Oeste (km-614), Sonora (km-837) e Coxim (km-730). 

Municípios que são ‘cortados’ pela BR-262 também estão com bloqueios. São eles os km-486 (Anastácio), novamente Campo Grande, no km-324, km763 (Corumbá), km-383 (Terenos), km-5 (Três Lagoas). Na 267 são quatro áreas de protestos como no km-36 (Bataguassu), km364 (Maracaju), km-256 (Nova Alvorada do Sul) e km-475 (Guia Lopes da Laguna).

De acordo com a PRF, os caminhoneiros estão parados também na BR-158, nos km-329 (Brasilândia), km-54 (Cassilândia), km-91, 93, 94 e 96 (Paranaíba), km-280 (Três Lagoas). Na 060, os trechos interditados são em Bela Vista (km-660), Camapuã (km-204), Chapadão do Sul (km-11), Paraíso das Águas (km-62) e Sidrolândia (km-406 e 431). 

Por Luiz Guilherme – Dourados News

 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: