Japonesa mata seu bebê e esconde o corpo em guarda-volumes

Cadáver do recém-nascido foi encontrado pelos agentes em função do mau cheiro

Uma japonesa foi presa neste sábado (2), depois de policias descobrirem que ela teria dado à luz em um café de Tóquio, matado o próprio bebê estrangulado e escondido o corpo em um guarda-volumes público.

Segundo a polícia local, o cadáver em decomposição do recém-nascido foi encontrado pelos agentes em função do mau cheiro, noticia o jornal O Dia.

Mao Togawa, de 25 anos, foi localizada graças às câmeras de segurança, que a flagraram várias vezes colocando moedas no guarda-volumes para que continuasse fechado. Ela o fazia desde janeiro.

A mulher explicou aos policiais que matou a filha porque ela chorava muito e colocou o corpo em uma mala para deixá-lo no guarda-volumes.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Imagem © Pixabay

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: