Leila fecha postos de saúde e quer inaugurar UPA sem equipes médicas

Depois de fechar os postos de saúde com desculpa de contenção de gastos, “ECONOMIA PARA O MUNICÍPIO”, a administração municipal, na pessoa da secretária de saúde, Leila Couto, anuncia, para dia 28/12, ao apagar das luzes, a inauguração da UPA.

A falta de noção administrativa do atual governo deixa uma sensação de que parece que estão brincando com a sociedade, pois não conseguem honrar com compromissos já realizados, demitindo médicos, enfermeiras e demais profissionais da área de saúde, mas “irão inaugurar a UPA”.

Também causa estranheza o fato de a atual administração, que não tem muito mais do que dez dias para governar o município, querer abrir uma unidade de saúde contando com uma estrutura que não está conclusa, somente com promessas do parlamentar Geraldo Resende, que teria ficado surpreso com a “qualidade do prédio”, dando a impressão de não saber que as UPAs são projetos padrões para todos os locais, só variando no porte.

Não podemos esquecer que existe uma lei municipal, de autoria do Vereador Maurício Anache, que proíbe inauguração de obras inacabadas, caso específico da UPA.

A impressão que fica é de que o que mais importa para a atual administração, principalmente para a secretaria de saúde, é conseguir descerrar a placa com os nomes de Leila couto e Ari Basso e de “lambuja” deixar armada a bomba relógio para a atual administração.

Esse é mais um trabalho para o MP, que tem como objetivo impedir que barbaridades como essa sejam praticadas por governantes em final de mandato, principalmente quando tentam atingir seus adversários, fazendo com que a população sofra e pague a conta de sua vingança pessoal.

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: