Morre advogado Arnaldo Malheiros Filho, defensor de Bumlai na Lava Jato

O advogado criminalista Arnaldo Malheiros Filho morreu, aos 65 anos, nesta terça-feira (24/05), vítima de doença no fígado que vinha tratando há algum tempo, informou a OAB-SP.

Malheiros defendia o empresário José Carlos Bumlai no processo da Lava Jato. Ele também chegou a defender outros políticos, como Delúbio Soares e Paulo Maluf.

Em nota, Marcos da Costa, presidente da OAB-SP, lamentou a morte do criminalista. “Manifestamos condolências aos familiares e pesar pela perda de um advogado que era referência em sua área de atuação.”

Arnaldo Malheiros Filho presidia o Conselho Deliberativo do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), que ajudou a fundar.

Paulistano e formado na Universidade de São Paulo do Largo São Francisco (1972), foi conselheiro federal da OAB (1993/1994) e contribuiu com a Secional Paulista da Ordem quando eleito membro da Comissão de Legislação, Doutrina e Jurisprudência (2004/2006).

Malheiros foi conselheiro e diretor da Associação dos Advogados de São Paulo (1979/1983) e professor de Direito Penal Econômico no curso de especialização da Fundação Getúlio Vargas (SP).

Notícias R7

Algum comentário?