MP faz operação contra o cartel em Dourados e Nova Andradina

Operação Laissez-Faire é realizada pelo Gaeco e Promotoria do Consumidor

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão ligado ao Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul, e a 10ª Promotoria de Justiça do Consumidor deflagraram nesta terça-feira, em Dourados e Nova Andradina, a Operação Laissez-Faire. O grupo investe contra cartel de gás liquefeito de petróleo (GLP).

O promotor Etéocles Brito Mendonça Dias Júnior, da 10ª promotoria, busca desarticular organização criminosa que consolidou sistema eficiente de cartelização de preços e divisão de mercado por áreas, com foco nas duas cidades e imediações.

As investigações apontaram fortes indícios de formação de cartel para, inclusive com combinação fraudulenta de preço, venda clandestina do produto a terceiros não habilitados para a comercialização e controle do mercado, em flagrante prejuízo ao consumidor final.

Durante a manhã foram cumpridos oito mandados de busca nas residências e nas empresas dos investigados, as quais atuam no ramo de revenda. Laissez-faire é expressão escrita em francês que simboliza o liberalismo econômico, na versão mais pura de capitalismo de que o mercado deve funcionar livremente, sem interferência, apenas com regulamentos suficientes para proteger os direitos de propriedade.

Por RENAN NUCCI – Correio do Estado

Foto: Adilson Domingos (Lente Nervosa)

Algum comentário?