Prêmio: Torcedor que assumiu disparo de sinalizador ganha cargo em torcida

A polícia da Bolívia prendeu 12 corintianos, cuja culpa não foi provada. Por isso, foram soltos meses depois. No Brasil, um então adolescente de 17 anos assumiu a culpa. O garoto declarou ter comprado por conta própria um sinalizador, na rua 25 de Março, em São Paulo, sem saber que se tratava de um artefato explosivo.
Uma vez que assumiu a culpa, Helder Alves Martins desapareceu da Gaviões da Fiel. Mas foi visto novamente – e com um cargo na diretoria da torcida. De acordo com o “blog do Curioso”, do jornalista Marcelo Duarte, Martins agora é o responsável pelo “Departamento de Bandeiras”, no qual “lidera um grupo de oito garotos que auxilia nos cuidados com o chamado ‘patrimônio’ da instituição.”
Ainda de acordo com a reportagem, Helder Alves Martins está desempregado, depois de ter cursado o ensino médio e um semestre numa faculdade particular graças a uma bolsa que ganhou da torcida organizada. A Gaviões da Fiel e o advogado do garoto não foram encontrados para comentar o assunto.
http://globoesporte.globo.com

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: