Suplentes de vereadores presos tomarão posse ainda hoje em Ladário

Dos 11 vereadores, apenas 4 não foram presos no esquema

Sete suplentes de vereadores serão empossados ainda nesta segunda-feira (26), em Ladário após a prisão dos sete vereadores, do prefeito Carlos Anibal Ruso Pedroso (PSDB) e o secretário de Educação, Helder Paes Botelho. A posse acontecerá em evento simples na Câmara Municipal. O vice-prefeito pastor Iranil de Lima Soares já assumiu o cargo na prefeitura.

De acordo com o Diário Corumbaense, a primeira medida tomada por ele foi dispensar todos os servidores da Administração Municipal. Ele se reuniu com assessores e quatro vereadores que não foram presos na operação para definir outras medidas que serão tomadas. 

Nove mandados de prisão preventiva e suspensão do exercício de mandatos eletivos e cargo público foram cumpridos nesta manhã pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), em Ladário, município distante a 426 quilômetros de Campo Grande.

A ação cumpre decisão do desembargador Emerson Cafure, da Seção Especial Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul. Os suspeitos são investigados por crimes de  associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva.

Participavam de um provável esquema de pagamento de propina, conhecido popularmente de “mensalinho”, o prefeito da cidade, Carlos Anibal Ruso Pedrozo (PSDB), o secretário Municipal de Educação Helder Naulle Paes dos Santos Botelho e sete vereadores, sendo eles Vagner Gonçalves, Agnaldo dos Santos Silva Junior, André Franco Caffaro, Augusto de Campos, Lilia Maria Cillalva de Moraes, Paulo Rogério Feliciano Barbosa e Osvalmir Nunes da Silva. Dos 11 legisladores que ocupam a Câmara Municipal, apenas quatro não foram presos no esquema.

*Com informações do Dourados News 

Por BRUNA AQUINO

Foto: Divulgação/Diário Corumbaense

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: