Terenas fazem caminhada e manifestação lembrando a morte de Oziel

Representantes das tribos da etnia Terena do Município de Sidrolândia fizeram uma caminhada de protesto, lembrando as dificuldades enfrentadas pelos povos indígenas e a morte de seu Guerreiro Oziel Gabriel, morte essa que até a presente data não teve um autor oficialmente identificado e responsabilizado.

A caminhada se encerrou em frente ao Paço Municipal, onde foram recebidos pelo Prefeito Marcelo Ascoli, pelo Vice Wellison, Secretários e servidores. As lideranças lembraram a proximidade do Prefeito Marcelo com a comunidade indígena, em momentos de festa e principalmente nos momentos difíceis, como colocou Otoniel Gabriel, lembrando da presença e do apoio que sua família recebeu de Marcelo e Ana Lídia quando do assassinato de Oziel.

O Cacique Genivaldo agradeceu pelo trabalho que o Prefeito e sua equipe de governo vem desenvolvendo junto as comunidades indígenas, colocando que seu “povo” é carente e que precisa de ações do poder público para poder trabalhar, estudar e ter uma vida digna, como qualquer outro cidadão do município.

O Prefeito agradeceu ter sido lembrado nessa data, que considera triste mas ao mesmo tempo importante para a “resistência” da etnia Terena. Disse que sempre estará ao lado da comunidade indígena, lembrando a infeliz colocação do vereador tucano de Campo Grande, André Salineiro, o Prefeito Marcelo fez a seguinte colocação “se vão querer agredir o nosso povo indígena, então eu vou brigar junto com nosso povo”.

Dr. Marcelo lembrou a questão da “terra”, colocando que deve haver maior boa vontade da união, agilizando a compra das  propriedades e indenizando com justiça os atuais proprietários, para que não haja conflito e as duas partes fiquem satisfeitas, segundo ele, como acontece na questão da reforma agrária.

 

 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: