Vítimas fogem de cárcere privado em MS após distração de suspeitos

sequestroDois homens, de 30 e 33 anos, foram mantidos em cárcere privado durante quatro dias em Campo Grande. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas foram sequestradas na última segunda-feira (8) e conseguiram fugir da residência onde estavam nesta sexta-feira (12) num momento de distração dos sequestradores.

Segundo o boletim de ocorrência, no dia 8 de junho as vítimas foram até a região da Vila Nhá Nhá para pagar uma dívida de R$ 100. Consta no registro que no local cinco homens e uma mulher os forçaram a entrar em uma residência, localizada na Vila Marcos Roberto.

As vítimas relataram à polícia que foram trancados em um quarto escuro e eram constantemente agredidos pelos suspeitos com um pedaço de madeira e capacetes de motocicletas.

Os homens ainda relataram que só conseguiram fugir na madrugada desta sexta-feira (12), por volta das 4h (de MS), quando os suspeitos se distraíram e deixarem a porta do quarto onde eram mantidos aberta. Os homens escaparam sem que os suspeitos percebessem.

A Polícia Civil foi acionada e, ao chegar no local, encontraram apenas dois dos seis suspeitos, um jovem de 19 anos e uma garota de 21 anos. Com a garota, os policiais encontraram entorpecentes, uma quantia de R$ 339,65 e um celular. Os dois foram presos.

Os outros suspeitos não foram encontrados. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga como sequestro e cárcere privado, portar drogas para consumo pessoal e roubo majorado pelo concurso de pessoas.

Algum comentário?