Cresce nº de homicídios contra mulheres no Brasil; são 12 por dia

No entanto, segundo levantamento, dados são subnotificados pelos estados

Um levantamento revelou que, em média, doze mulheres são assassinadas diariamente no Brasil. No ano passado, foram registrados 4.473 homicídios dolosos, sendo que 946 são feminicídios.

O estudo realizado pelo G1 em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública identificou que o aumento em relação a 2016 foi de 6,5%, quando foram registrados 4.201 homicídios (sendo 812 feminicídios). Alguns estados ainda não fecharam os dados de 2017, o que pode aumentar os casos.

São considerados feminicídios os homicídios que envolvam “violência doméstica e familiar e/ou menosprezo ou discriminação à condição de mulher”, segundo lei de março de 2015, que prevê punições mais severas para estas situações.

+ Só um de 126 assassinatos de mulheres foi julgado em seis meses

Samira Bueno e Juliana Martins, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, disseram em entrevista ao G1 que o levantamento mostra que não temos motivo para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

“Uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil, taxa de 4,3 mortes para cada grupo de 100 mil pessoas do sexo feminino. Se considerarmos o último relatório da Organização Mundial da Saúde, o Brasil ocuparia a 7ª posição entre as nações mais violentas para as mulheres de um total de 83 países.”

Dados

Foram 4.473 homicídios dolosos de mulheres em 2017 (um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior). Do total, 946 são feminicídios (dado considerado subnotificado), sendo que três estados ainda não contabilizaram os casos e outros possuem apenas dados parciais.

O Rio Grande do Norte é o estado que teve o maior índice de homicídios contra mulheres: 8,4 a cada 100 mil mulheres. Já o Mato Grosso é o estado com a maior taxa de feminicídio: são 4,6 a cada 100 mil.

 POR NOTÍCIAS AO MINUTO

© Henry Romero/Reuters

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: