Pré-candidatos ao Senado pelo PSDB são pressionados pelo governador

Geraldo abre mão de concorrer a uma vaga em favor do governador mas Miglioli, não

Pré-candidatos a senador pelo PSDB, o ex-secretário estadual de Infraestrutura Marcelo Miglioli e o deputado federal Geraldo Resende estão sendo pressionados pelo governador Reinaldo Azambuja a buscarem entendimento. Pelo jeito, o partido abrirá apenas uma vaga de senador, deixando a segunda para aliado. A ideia inicial do governador era deixar as duas vagas aos aliados, e essa posição ainda não está enterrada por ele.

A prioridade do PSDB é a reeleição de Azambuja, nem que isso custe as duas vagas de senador para ampliação de aliança partidária. Mas essa posição encontra resistência de Miglioli e apoio de Geraldo.

A recomendação do governador é para os pré-candidatos se viabilizarem o quanto antes e que isso esteja definido até a convenção da sigla, que deve ser realizada entre 20 de julho e 5 de agosto. 

* Leia a reportagem de Yarima Mecchi e Adilson Trindade, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 Foto: Valdenir Rezende / Arquivo / Correio do Estado

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: