Presidência da Câmara gasta mais de 15 mil reais com jardinagem e plantas artificiais

Num período de pouco mais de 12 meses a presidência da Câmara Municipal já gastou, conforme consta no “PORTAL DA TRANSPARÊNCIA” do próprio legislativo, R$ 15.183,00 com serviços de jardinagem. Esses serviços estão lançados como: “SERVIÇO DE REPAROS E ORGANIZAÇÃO DE CACHEPÔS DE PLANTAS ARTIFICIAIS NAS DEPENDENCIAS DA CÂMARA MUNICIPAL, Vr. que se empenha para cobrir despesas ref. a prestação de serviços de manutenção e recuperação de jardim e plantas ornamentais, no periodo de 15/02/2017 à 15/02/2018. totalizando 12 (doze) meses, MANUTENÇÃO DE VASOS E CACHEPÔS DE PLANTAS E FLORES ARTIFICIAIS”, e assim por diante.

Para esse ano de 2018 são 10 parcelas mensais de R$ 799,00 ou R$ 7.990,00, valor máximo permitido para a DISPENSA de Licitação, sendo que já se pagou R$ 500,00, em 19/04/2018, que se somada aos R$ 7.990,00 parcelados excede o valor máximo para o processo de dispensa.

Recentemente a Presidência, justificando contenção de gastos, através de portarias publicadas no diário oficial da ASSOMASUL, retirou todas as gratificações de servidores e publicou novas portarias com percentuais menores para “quase” todos.

 

Deixe sua opinião

Comentários

Algum comentário?

%d blogueiros gostam disto: